Buscar
  • Eli Borochovicius

O futebol como estratégia empresarial


Como tudo, o futebol possui aspectos positivos e negativos, mas a análise estratégica dos conceitos futebolísticos pode trazer grandes benefícios às empresas.

Regras - Todo jogador deve conhecer as regras do jogo, conforme consta no livro oficial da FIFA. No mercado não é diferente, existem regulamentos normativos e descritivos.

Treinamento - Condição básica para um bom desempenho no jogo é realizar treinamentos freqüentes e orientados por especialistas. É importante que o estágio supervisionado seja bem elaborado e é por este motivo que muitas empresas investem cada vez mais em treinamentos. O progresso nas virtudes é alcançado com treinamento intensivo Adversário - Conhecer o adversário também é básico. É necessário conhecer suas táticas, suas melhores jogadas, melhores jogadores. Uma empresa precisa conhecer os novos entrantes, seus concorrentes, seus preços e práticas de mercado.

Árbitro - É ele quem decide se a jogada foi realizada de forma legal. Se o gol foi legítimo, válido, se houve ou não uma infração. Se dependesse da torcida do time perdedor, todo árbitro seria ladrão. Independentemente de qualquer opinião, a do árbitro é a oficial e é com base nela que os resultados são computados. Técnico - A função do técnico de futebol é comandar, instruir e posicionar o time. Não cabe ao técnico jogar e para ser técnico não é pré-requisito que tenha sido jogador. A gerência de uma empresa tem por objetivo comandar o time e servir de interlocutor com a diretoria, responsável por traçar as estratégias da empresa. Campo - Os jogadores devem estar preparados para jogar em qualquer campo e clima. Mesmo em situações adversas precisam desempenhar suas funções satisfatoriamente. Não importa o local da negociação, independente das adversidades, o bom resultado é o desejado. Se pudermos escolher, que as negociações sejam em um ambiente amistoso, amigável e saudável.

Falta – É uma infração que ocasiona uma desvantagem para o time do jogador que a praticou. As empresas são punidas pelas infrações causadas por seus colaboradores. As maiores perdas financeiras da história se deram por fraudes causadas por um ou pouco mais de um único colaborador.

Cartões - Servem como uma advertência. O cartão é mostrado a um jogador que cometeu alguma infração mais séria como aviso, para que tome mais cuidado. Dentro do ambiente corporativo o cartão amarelo é pouco utilizado. Em geral as faltas são advertidas verbalmente e caso o colaborador não faça uma reflexão sobre as suas atitudes, a cor do cartão é vermelha.

União - O futebol é um esporte coletivo, onde a união e o entrosamento dos jogadores são essenciais para um bom resultado. Trabalhar em equipe é um dos maiores desafios encontrados pelo profissional moderno. A união das equipes é essencial para o progresso da corporação.

Torcida - A função da torcida é incentivar os jogadores, criticar, sugerir. A torcida adversária por sua vez deseja intimidar os jogadores, atrapalhar a concentração e evitar que façam um bom jogo. No ambiente corporativo é comum encontrarmos esses dois tipos de torcida.

Posições - Cada jogador tem uma posição e, portanto, uma função específica no jogo: goleiro, zagueiros, laterais, volante, meio-campista, centroavante, ponta-de-lança, etc. Cada jogador deve tentar realizar sua função da melhor maneira, sem intrometer-se na função dos companheiros. Na empresa são vários os departamentos que fazem com que a empresa exista. Nenhum departamento é melhor ou mais importante que outro. Vendas, Compras, Financeiro, Recursos Humanos, Produção, Planejamento e Desenvolvimento, etc. precisam trabalhar de forma independente e organizada para que o objetivo maior seja alcançado.

Prêmios - Alem de bons salários, como recompensa, incentivos e reconhecimento, os bons jogadores são agraciados com prêmios, troféus, medalhas e títulos. Nas grandes organizações os prêmios de incentivo são bem comuns. Câmeras - Os jogos importantes são filmados e transmitidos para milhões de pessoas. São várias câmeras que captam os detalhes de todas as jogadas. Os relatórios financeiros são a maior vitrine da empresa e obrigatoriamente são auditados e publicados.

Gol - O objetivo é marcar a maior quantidade de gols observando as regras do jogo. No ambiente corporativo o gol é o lucro. Quanto mais lucrativa a empresa, maior o número de investidores, maiores as possibilidades de crescimento. É verdade que às vezes saem gols-contra, ou prejuízos, mas devem ser minimizados ao extremo.

Alem destes conceitos, há muitos outros, até mais delicados, que podem ser tratados como a duração da partida, prorrogação, uniformes, reservas, Tribunal de Justiça Desportiva, apito, concentração, disciplina, rebaixamento, repescagem e aí vai.

* Com base no artigo publicado pela Revista Nascente, Ano XVII, no 102, jul/set 09


8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Finanças e Crianças: tudo a ver

Muitas crianças passaram a se interessar pelo universo financeiro - mas será que estamos caminhando com a educação da forma mais adequada? As crianças recordarão do ano de 2020 pelas mais variadas mud

PUC Campinas - Campus 1 | Rua Professor Dr. Euryclides de Jesus Zerbini, 1516  -  Parque Rural Fazenda Santa Cândida | Campinas - SP | CEP: 13087-571

  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • YouTube