• Professor Boro

3 dicas de como jogar dinheiro no lixo.


Se você é daqueles que vive com problemas financeiros, possivelmente se identificará com essas três dicas infalíveis para jogar dinheiro fora.

Quando falamos em Educação Financeira, nos referimos a mudanças comportamentais visando a melhor organização, planejamento e controle do dinheiro, permitindo que as necessidades e desejos sejam atendidos.

A Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) é realizada pela CNC com cerca de 18.000 consumidores em todas as capitais dos Estados e no Distrito Federal. Os resultados apontam que o percentual de famílias que relataram ter dívidas entre cartão de crédito, cheque pré-datado, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro alcançou 60,2% em outubro de 2014. Quase 75% das famílias estão endividadas com cartão de crédito, 17% com carnês, 14% financiaram carros e 9% buscaram crédito pessoal.

Em um cenário político-econômico caótico, em que a inflação por demanda aumenta e a ampliação da taxa básica de juros é utilizada pelo governo como ferramenta de contenção dessa inflação, o percentual apresentado de famílias endividadas nos permite concluir que o brasileiro tem grandes dificuldades para se organizar financeiramente.

De forma mais clara, brasileiro joga dinheiro no lixo. Seguem 3 dicas infalíveis para perder dinheiro rapidamente dentro do cenário atual:

1) Viva o presente e esqueça o amanhã: a falta de planejamento é perfeita para quem precisa comprar as coisas de última hora e acaba pagando sempre mais caro. Se você gosta de jogar dinheiro no lixo, deixe para decidir as coisas de última hora, não pesquise preços, esqueça a barganha e deixe de se preocupar com o consumo de recursos naturais. Orçamento familiar é uma grande bobagem, gaste tudo o que tiver, pois os imprevistos jamais ocorrerão com você.

2) Não esquente a cabeça com as contas: não planeje os seus pagamentos, esqueça os carnês nas gavetas e não aproveite as facilidades tecnológicas que te ajudam na organização orçamentária. Como os juros estão altos, deixar de pagar as contas vai te ajudar a ver o dinheiro ir ralo abaixo.

3) Diga sim para todos os seus desejos: a melhor forma de realizar os seus desejos é pensar que você tem dinheiro de sobra e que a vida merece toda a alegria que o dinheiro possa comprar. Se você tem um cartão de crédito e não sabe usá-lo, a recomendação para perder dinheiro é adquirir mais alguns. Como eles vem carregados com créditos pré-aprovados, você vai se sentir muito bem até a chegada das faturas. Dado que a taxa de juros é altíssima, você se sentirá enforcado por muitos meses.

A maioria das pessoas endividadas reconhece os problemas e aponta dificuldade na administração financeira ou no controle psicológico, mas não procura ajuda profissional.

O primeiro passo para solucionar os problemas financeiros é buscar ajuda especializada, visando a mudança de hábitos de consumo nada saudáveis e criando a cultura de poupar com critérios que atendam às necessidades particulares.


Posts recentes

Ver tudo

Pagamento invisível

Boa experiência de compra pode ser um aliado da inadimplência na falta de Educação Financeira. Pagamento Invisível foi o nome atribuído aos sistemas de pagamento em que o consumidor não precisa utiliz